quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Arrumar a casa pode melhorar relacionamento amoroso e sexual

ROSANA FERREIRA
Da Redação

Arrumar a casa pode ser um dos caminhos para melhorar um relacionamento em desarmonia. Pelo menos é o que prega a terapeuta de casais, Cláudya Toledo, que acaba de lançar o livro “Sexo e Segredos dos Casais Felizes” (Editora Alaúde, R$ 15,99).

“Meu trabalho terapêutico passa pelo diagnóstico da casa. Como não conseguimos ver os sentimentos e a sexualidade das pessoas, a casa dá uma boa noção da relação do casal”, explica Cláudya.

Para a terapeuta, não basta que um casal esteja junto para que uma relação seja completa, franca e gratificante. É preciso investir na relação dia a dia. “Pesquisas mostram que a falta de sintonia e de prazer na cama é um dos aspectos que sabotam os relacionamentos. Assim, é preciso manter o desejo sempre vivo e espantar a rotina”, diz. E isso deve começar em casa.

Cláudya, portanto, trata do assunto percorrendo uma casa para tocar em vários aspectos relacionados a cada ambiente e que se referem ao casamento e à temperatura sexual do casal.

Nesse percurso, a terapeuta indica posturas em cada ambiente. Na sala de estar, o casal deve manter um bom diálogo e traçar objetivos em comum; na cozinha, deve preparar coisas juntos, um para o outro; na sala de jantar, deve respeitar as diferenças, cooperar e manter rituais familiares; no banheiro, cultivar individualidade, limpeza e preparação para o outro; na lavanderia, é o lugar ideal para “lavar a roupa suja” e, finalmente, no quarto do casal, eles devem preservar e desenvolver momentos de intimidade e nunca dormir brigados. Confira mais dicas abaixo:

A sala de estar é o lugar para descontrair, conversar e até começar o sexo, por isso deve ser confortável e convidar a permanecer no ambiente

SALA DE ESTAR



É o lugar para se reunir com descontração, falar sobre assuntos agradáveis e prazerosos, contar sobre o seu dia, planejar, resolver questões práticas e ouvir música. É o lugar também para perceber como o outro está - feliz ou triste, satisfeito ou insatisfeito, cansado ou disposto – e começar a conquista ou mesmo o sexo. Portanto, o ambiente precisa ser aconchegante e gostoso para ficar: sofás macios, tapetes, almofadas e aromas, além de iluminação intimista, com abajures ou luz indireta. Quando um cômodo da casa está desajustado, pelo excesso ou falta de móveis e objetos, ou pelo uso incorreto de acessórios, essa desarmonia reflete-se nos moradores. Ou o contrário: o desconforto começou dentro, nos moradores, e foi parar fora, na casa. Não importa, nos dois casos, não há bem-estar. Nesse caso, observe se a sala é aconchegante e convida para um bom papo. Tudo está funcionando ou você está acumulando muitas coisas velhas que não servem mais? Se esse for o caso, jogue no lixo, doe, renove e mantenha sua sala – e sua relação – sempre arejada, com janelas abertas, deixando a luz entrar. Dica: evite ligar a TV sempre, pois você acaba assistindo a vida na pele dos personagens e deixa a sua passar.

COZINHA
A máxima “Você é o que come” se aplica aqui, já que seus hábitos alimentares determinarão o corpo e a saúde que você terá. Quando a alimentação é ruim ou exagerada reflete-se na saúde, na autoestima e, consequentemente, na disposição e no desempenho sexual. Que tal optar por uma alimentação saudável e cozinhar juntos? A mulher pode criar o cardápio e conduzir o homem no preparo do jantar. Como também o contrário, já que há ótimos cozinheiros. É boa forma de compartilhar, cooperar, divertir-se, experimentar novos sabores, aromas, texturas e “esquentar“ o clima para o que vem depois do jantar. Fisicamente, portanto, a cozinha deve estar com todos os equipamentos funcionando. O fogão, por exemplo, deve ser limpo e utilizado diariamente. Para criar um estado de abundância e prosperidade dentro de casa é bom ficar atento ao estado de conservação dos alimentos e dos equipamentos, como também elevar a qualidade dos alimentos, o que não significa dieta cara, mas saudável e fresca.

Sentar à mesa é como um ritual que deve ser feito todos os dias, mesmo que seja para um lanche. Por isso, a dica é sempre caprichar na arrumação

SALA DE JANTAR



É o local de compartilhar – alimentos, momentos, energias, ideias. Sentar à mesa é como um ritual que deve ser feito todos os dias. Comer sozinho, sentado à mesa, fortalece o individual. Comer a dois, em casal, um de frente para o outro, fortalece os laços. E comer em família fortalece a família. Nesse ambiente, a mesa de jantar é a protagonista, então arrume-a como ritual. Mesmo sendo simples, é importante manter a disposição dos talheres, copos e pratos. Decore com flores e, se quiser criar um clima romântico, use velas. E, mesmo se fizer um lanche, sirva-o na mesa. Evite assuntos desagradáveis e prefira bons temas para o bate-papo. Não coma com pressa, fazendo bagunça no prato e nos sabores. Ensine bons hábitos aos filhos, como pedir licença ao sair, ter higiene, respeito e educação ao comer. Tente entrar em sintonia com o par ao comer, pois isso provavelmente vai afinar o ritmo sexual na cama. Imagine alguém que come rápido e você degusta a comida calmamente. Saiba que esse comportamento ansioso e afoito na mesa pode acontecer na cama também.

BANHEIRO
Além da limpeza do corpo, o banheiro é apropriado para a faxina dos pensamentos e das emoções. No entanto, é o lugar que mais pode levar o casal a brigar. Cabelos por todo lado, xixi fora do vaso, calcinhas penduradas para secar. Como anda a sua etiqueta no banheiro? Em resumo, a dica é: não deixe suas marcas. Passe despercebido, sem deixar pistas. Isso demonstra educação e preocupação com o outro. O banheiro deve estar sempre limpo para haver conforto e satisfação durante a permanência nele. A tampa do vaso sanitário deve ficar sempre fechada, assim com a porta. Se apresentar cheiro estranho, use um perfumador de ambientes (difusor com óleo, incenso ou spray). O cuidado é essencial, já que é o lugar onde você se prepara para o encontro com o parceiro.

A lavanderia lembra a importância de conversar sobre o relacionamento, mas não precisa ocorrer necessariamente nesse local

LAVANDERIA
Seguramente, roupas em dia, lavadas e passadas remetem a bom relacionamento e bom sexo. A lavanderia, portanto, lembra a importância de discutir a relação. É claro que a conversa não precisa ser necessariamente nesse ambiente da casa, mas o importante é que se reserve um local e um momento adequado para isso, assim como se faz com as roupas na lavanderia. Certamente o casal que mantém o hábito de conversar sobre as diferenças sobrecarrega menos a relação. Mas, se o casal conversa pouco, não acerta suas diferenças e acumula lixos emocionais, quando chega a hora de lavar roupa suja é um desastre. Fala-se de tudo, de assuntos do passado, de brigas resolvidas. O melhor é estabelecer um lugar neutro e público para discutir a relação e resolver a situação de forma civilizada. Conselho: marido e mulher devem se arrumar para isso, como se fosse um compromisso para manter a autoestima de cada um. A conversa deve ser encarada como uma chance para manter a relação.

QUARTO DAS CRIANÇAS
O nascimento de uma criança é um momento de felicidade para o casal, mas a rotina muda completamente. Antes ditada pelo casal, passa a ficar condicionada pelo ritmo do bebê. Muitas novas mães perdem o apetite sexual nos primeiros tempos, por conta dos hormônios, cansaço e atenção totalmente voltada ao bebê. Há maridos que ficam no seu canto, outros que brigam e se ressentem com a mulher, pois se sentem abandonados. O ideal é que o homem participe e ajude, dando atenção à mulher e ajudando a cuidar do bebê. É preciso ter em mente que é uma fase. Portanto, os filhos não podem ser uma desculpa “eterna” para que o relacionamento dos pais, principalmente o sexual, seja morno ou inexistente. Se não podem sair para jantar, por exemplo, preparem algo em casa a dois ou peçam por telefone. Enquanto o bebê dorme, aproveitem as horas a sós. É bom lembrar: o filho deve se acostumar a dormir no seu próprio quarto, e não no meio dos pais.

Local de maior intimidade do casal, o quarto deve ser claro e, de preferência, sem TV, para não interferir na energia do casal

QUARTO DO CASAL
Lugar de maior intimidade do casal, o quarto é geralmente o cômodo onde acontecem as relações sexuais. Por isso é importante prepará-lo e também se preparar. O quarto deve ser claro, e os objetos decorativos devem estimular a energia do número dois. Para isso, utilize símbolos em pares. Evite TV ou outros aparelhos eletrônicos no ambiente, pois eles podem interferir na energia do casal. Se tiver, na hora de dormir, desligue-os da tomada. Aos casais que possuem suíte, é importante fechar a porta do banheiro antes de dormir para evitar que a energia do banheiro migre para o quarto durante a noite. Porém, não deixe o quarto sem ventilação durante o sono. Atrair sexualmente o parceiro e a parceira é essencial para alimentar a intimidade nesse espaço. A mulher pode ressaltar sua aparência, e o homem usar sua sedução com palavras e toques, sem pressa.

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Hexa de fato e de Direito

Crise, revolução e traição

Postado em 5/11/2007 às 13:13 por Ubiratan Leal

Com o testemunho de 122.001 torcedores que lotavam o Maracanã no fim da tarde de 19 de julho de 1992, o Flamengo empatou em 2 a 2 com o Botafogo e conquistou o Brasileirão. Para o clube, era seu quinto campeonato nacional. Por isso, o capitão rubro-negro Júnior ergueu a Copa Brasil como se tomasse posse definitiva do troféu. Para a CBF, porém, era apenas o quarto título flamenguista e a taça continuaria à espera do primeiro pentacampeão nacional. Diante do impasse, a famosa peça de bolinhas criada pelo artista Maurício Salgueiro foi tirada de circulação e até hoje não tem dono.

A falta de um destino para esse troféu parece uma questão menor, mas dá um bom sinal de como as autoridades até hoje não equacionaram a disputa entre Flamengo e Sport para definir o campeão brasileiro de 1987. Uma história que muitas vezes é reduzida à validade de um cruzamento entre os melhores do Módulo Verde (formado pelos grandes clubes) com o do Amarelo, mas que envolveu briga política, mudança de regulamentos e até traição.

Capítulo 1: CBF em crise institucional
Na metade da década de 1980, já não havia mais condições de manter os Brasileirões inchados, com até 94 participantes. A própria CBF determinou que, em 1987, o campeonato seria reduzido para 24 clubes, definidos pelas posições na segunda fase do torneio no ano anterior. Seria simples, se os problemas não começassem ainda na Copa Brasil 1986.

No final da primeira fase, o Joinville pediu os pontos do empate em 1 a 1 com o Sergipe alegando que um jogador do adversário foi pego no exame antidoping. O CND (Conselho Nacional de Desportos) contrariou a CBF e determinou que os catarinenses tinham a vitória, o que agradou ao então ministro da educação Jorge Bornhausen. A decisão, porém, tiraria da segunda fase o Vasco. A confederação ainda envolveu a Portuguesa na discussão e, para agradar a todos, nenhum desses três clube foi eliminado. Pior, sob influência do chefe da Casa Civil, o pernambucano Marco Maciel, foram abertas mais três vagas na segunda fase, o que beneficiou Náutico, Santa Cruz e Sobradinho-DF.

A falta de autoridade da CBF para impor suas decisões não era gratuita. A entidade vivia grande confusão administrativa desde a eleição à presidência da entidade no início de 1986. Nabi Abi Chedid e Medrado Dias eram os candidatos e havia a expectativa de empate. Se isso ocorresse, Dias seria eleito pelo critério de idade. Assim, momentos antes da votação, Nabi inverteu a chapa com seu vice Octávio Pinto Guimarães, mais velho que o concorrente. Guimarães venceu por um voto e assumiu a presidência da CBF.

Esperava-se que Guimarães fosse presidente apenas formalmente, pois o comando seria de Nabi. “Cheguei a participar de uma reunião que discutiu se Guimarães deveria renunciar meses depois de assumir”, revela Carlos Miguel Aidar, presidente do São Paulo na época, em entrevista à Trivela. Isso não ocorreu e o presidente eleito resolveu fazer valer seu poder, o que desagradou o vice. Sem comando forte, o poder da CBF se deteriorou rapidamente. Os reveses se acumulavam – incluindo a derrota para Estados Unidos e Marrocos na concorrência para sediar a Copa de 1994 – e até a situação financeira da entidade era delicada.

Capítulo 2: nasce o Clube dos 13
Enquanto a CBF estava à deriva, os clubes já se organizavam para fazerem valer seus interesses. No caso, a maior preocupação era fazer lobby para incluir na pauta da Assembléia Constituinte – que se formaria em 1988 – um artigo que lhes desse autonomia de organização e funcionamento. A campanha foi bem sucedida e a união de clubes ganhou força. Em abril, Flamengo e São Paulo se negaram a ceder seus jogadores para uma excursão da Seleção Brasileira à Europa e tiveram respaldo do CND. Márcio Braga, presidente do Flamengo na época, saiu da reunião que anulou a convocação da Seleção dizendo, triunfante, que era o “fim do autoritarismo no futebol brasileiro”.

Em junho de 1987, Octávio Pinto Guimarães anunciou: “a CBF não tem condições de organizar o Campeonato Brasileiro deste ano”. O motivo era a falta de dinheiro para arcar com as viagens dos times e outras despesas da competição. Sob o risco de ficar sem a competição que já era a mais importante do calendário, os grandes clubes resolveram tomar as rédeas da situação. “Liguei para o Nabi e perguntei se era sério o que o Octávio falava. Ele disse que era e ‘deu a bênção’ para que organizássemos o campeonato se quiséssemos”, conta Aidar.

O dirigente são-paulino propôs a comandantes de outros times tradicionais a formação de uma associação de clubes para organizar o Brasileirão. Foram convidadas as equipes mais tradicionais de São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Minas Gerais. Para evitar o rótulo de elitista, também foi convidado um representante do Nordeste, o Bahia. Assim, surgiu a União dos Grandes Clubes Brasileiros, conhecida como Clube dos 13. O presidente são-paulino passou a comandar também a associação.

Capítulo 3: a Copa União ganha forma
Quando foi formatado o novo Campeonato Brasileiro, a intenção foi transfornar a competição em um grande produto para o mercado. O principal atrativo era haver apenas confrontos entre clubes de grande torcida. Por isso, não houve critérios técnicos para a definição dos participantes. Guarani e América-RJ, pela ordem, vice-campeão e semifinalista no ano anterior, foram preteridos. “Nossa idéia era romper os vínculos com modelo antigo do torneio, começar uma nova história”, comenta Márcio Braga, presidente do Flamengo. “Priorizamos os clubes que viabilizariam financeiramente uma competição à beira da falência”, acrescenta.

Ainda assim, o Clube dos 13 contava com o apoio da CBF. “A única exigência da entidade para oficializar nosso Campeonato Brasileiro foi a inclusão de mais três clubes de outros Estados”, comenta Aidar. Assim, foram chamados Coritiba, Santa Cruz e Goiás, clubes mais populares e donos de melhor histórico nacional entre paranaenses, pernambucanos e goianos na época. Novamente, não se podia falar em critérios técnicos, pois o Coritiba não era campeão paranaense (perdera o título para o Pinheiros) e fora 43º na Copa Brasil de 1986.

Com participantes definidos, o Clube dos 13 correu atrás de apoio financeiro. João Henrique Areias e Celso Grellet, diretores de marketing de Flamengo e São Paulo, comandaram o projeto comercial. O torneio foi batizado de “Copa União” para ter uma marca que enfatizasse a nova fase do futebol brasileiro e pudesse ser licenciada por diversas empresas. Além disso, a organização obteve o patrocínio oficial de Rede Globo, Coca-Cola e Varig.

A Coca-Cola colocou seu logotipo nas camisas de todos os clubes que não tivessem patrocinadores (apenas Flamengo, Palmeiras e Corinthians tinham contratos a cumprir) e no círculo central do gramado (depois, a Fifa vetou essa idéia e a marca ficou dentro dos gols). A Rede Globo transmitiu o campeonato com exclusividade, com a permissão de passar as partidas na cidade em que eram realizadas. A condição era que, minutos antes de a rodada começar, a emissora fizesse um sorteio de qual jogo seria visto por todo o país (o que gerou a curiosa situação de, em uma tarde com São Paulo x Corinthians e Flamengo x Fluminense, o Brasil inteiro viu Bahia x Goiás, que acabou sendo a despedida de Mário Sérgio).

Capítulo 4: traição, e a CBF volta à cena
A forma como surgia a Copa União deixou vários clubes descontentes. Os líderes do movimento eram América-RJ, Guarani e Portuguesa se sentiam injustiçados, pois teriam direito de estar na elite pelo desempenho no Brasileirão de 1986. “Não dá para aceitar um Campeonato Brasileiro em que os clubes grandes viram a mesa só porque não querem dividir o torneio com ninguém”, brada Homero Lacerda, diretor de futebol do Sport e presidente do clube em 1987. “Os dirigentes de todos os outros clubes sempre foram contra essa atitude autoritária do Clube dos 13 na época.”

O sucesso comercial da competição organizada pelo Clube dos 13 também saltou aos olhos da CBF. Desse modo, a entidade decidiu organizar uma competição com 16 clubes que estavam de fora da Copa União. Usou como critério a classificação do Brasileirão de 1986, apesar de deixar de lado a Ponte Preta em favor do Sport, e conseguiu o apoio do SBT. Depois, a CBF mudou seu discurso e deixou de considerar a Copa União como o Brasileirão. Naquele momento, o torneio dos grandes seria o Módulo Verde e o outro, o Amarelo. Os dois melhores de cada módulo se enfrentariam para definir o campeão nacional.

O Clube dos 13 decidiu boicotar o cruzamento. No entanto, a CBF contou com um apoio de dentro da união de clubes. “O Eurico Miranda era vice-presidente de futebol do Vasco e ficou como nosso interlocutor na CBF”, comenta Aidar. “Ele nos traiu e deu sinal verde para a CBF virar a mesa, mesmo contra a determinação dos outros 12 clubes de não fazer cruzamento com o Módulo Amarelo.” O Clube dos 13 não assinou o regulamento proposto pela confederação, mas já estava aberta a brecha para a confusão.

Os dois torneios caminharam e não se falava em cruzamento. Para a mídia, o título brasileiro se decidia na Copa União. O Flamengo conquistou o torneio ao surpreender o invicto Atlético-MG de Telê Santana na semifinal e ao bater o Internacional na decisão. O Módulo Amarelo teve percalços. Nem a possibilidade de cruzamento contentou América-RJ e Portuguesa, que decidiram boicotar o torneio. A Lusa voltou atrás posteriormente, mas os rubros, de fato, não jogaram uma partida sequer. No final, Guarani e Sport dividiram o título após empate em 11 a 11 na disputa de pênaltis.

Em janeiro daquele ano, a CBF impôs seu regulamento e determinou que seria realizado um mata-mata entre Flamengo, Internacional, Sport e Guarani. Flamenguistas e colorados confirmaram a decisão de boicotar o cruzamento e não compareceram às semifinais. Assim, Sport e Guarani fizeram a final, vencida pelos pernambucanos. As duas equipes representaram o Brasil na Copa Libertadores e foram oficializadas pela CBF como campeão e vice do país em 1987. O CND tinha outra visão e deu o título ao Flamengo. Anos depois, o Rubro-Negro de Recife ganhou o campeonato na Justiça.

Capítulo 5: legado
Não demorou para o Clube dos 13 se aliar à CBF e o movimento não teve continuidade. “Não chegamos a tomar o poder na época por falta de continuidade do caráter político do movimento”, avalia Carlos Miguel Aidar. Hoje, a associação de clubes tem como principal função negociar os direitos de transmissão do Brasileirão.
A confederação voltou a organizar o Brasileirão, apesar de o nome Copa União ter sido mantido em 1988. “A Globo apoiou com força o torneio de 1987 e se sentiu traída pelos clubes no ano seguinte”, afirma o jornalista Juca Kfouri, comentarista da emissora carioca na época e notório entusiasta da Copa União de 1987.

Ainda assim, não se pode dizer que o torneio não deixou seus rastros. A competição organizada pelos grandes clubes teve público médio de 20.877 pagantes, o segundo maior da história do campeonato nacional. Com o dinheiro vindo de patrocinadores, os clubes arrecadaram o equivalente a uma média de público de cerca de 40 mil pagantes. Ficou evidente a demonstração de força dos clubes, que ganharam mais voz nas discussões sobre o destino do futebol brasileiro.

Desde então, o principal torneio de clubes do país passou a prever sistema de promoção e rebaixamento (as exceções foram em 1993, com uma virada de mesa para resgatar o Grêmio, e em 2000, com a criação da Copa João Havelange após a batalha jurídica entre Gama e CBF). “O que era para ser uma revolução se transformou em uma transição, mas não deixou de ter sua importância histórica”, comenta o jornalista Celso Unzelte, pesquisador da história do futebol brasileiro.

O fato de sempre haver um asterisco quando se fala no campeão brasileiro de 1987 não abala o Sport, detentor de direito do título. “Essa confusão toda até foi boa para a gente, pois todos se lembram que somos os campeões de 1987. Ninguém fala no título do Bahia em 1988”, ironiza Lacerda. Para o jornalista Roberto Assaf, autor de três livros sobre a história do Flamengo, o fim da polêmica depende da CBF. “Enquanto a CBF não determinar que o Flamengo também é campeão de 1987, sempre vai se discutir a legimitidade da conquista do Sport.”

E o troféu Copa Brasil? Bem, quando foi criado, em 1975, ele teria posse definitiva do primeiro clube que conquistasse três Brasileirões consecutivos ou cinco alternados. Pelos critérios da CBF, até hoje a peça não tem dono. Pelo Clube dos 13, é do Flamengo. Para não aumentar a confusão, a confederação desistiu da taça, esquecida em um cofre da Caixa Econômica Federal no Rio de Janeiro.

OS ATORES DA PEÇA

Clubes grandes
Estavam dispostos a se unirem para ganhar autonomia e mudar a estrutura do futebol de modo que explorassem melhor seu potencial econômico. Aproveitaram a desistência da CBF em organizar o Brasileirão de 1987 e criaram o Clube dos 13.

Clubes pequenos
Alguns, como América-RJ, Guarani e Portuguesa, se sentiram prejudicados pela falta de critério técnico na definição dos participantes da Copa União e muitos falaram que era uma “virada de mesa”.

CBF
Com presidente e vice que não se entendiam, a entidade estava desgovernada, sem força política e em crise financeira. Não tinha mais condições de segurar a vontade dos clubes de se organizarem por conta própria.

CND
O Conselho Nacional de Desportos foi criado por Getúlio Vargas para regular os esportes de competição no Brasil. Era o meio de o governo interferir no esporte, mas, na metade da década de 1980, o CND era presidido por Manuel Tubino e tinha uma visão mais progressista, incentivando o aumento de autonomia dos clubes. O órgão foi extinto em 1993, no governo de Itamar Franco.

Patrocinadores
Globo, Coca-Cola e Varig viram na Copa União o primeiro Campeonato Brasileiro em torno do qual haveria uma grande mobilização nacional. Assim, apoiaram o Clube dos 13 e criaram diversas ações de marketing específicas para a competição.

UM PARA LÁ, DOIS PARA CÁ

A dança de clubes que participariam do Brasileirão de 1987 foi bastante confusa. Veja como seu time fez parte desse vaivém:

Pela Copa Brasil 1986, os seis primeiros de cada grupo da segunda fase teriam vaga no Brasileirão do ano seguinte. Com a briga na Justiça entre Joinville, Vasco e Portuguesa, a CBF determinou que seriam os sete primeiros de cada chave.

V

América-RJ, Atlético-GO, Atlético-MG, Atlético-PR, Bahia, Bangu, Ceará, Corinthians, Criciúma, Cruzeiro, CSA, Flamengo, Fluminense, Goiás, Grêmio, Guarani, Internacional-RS, Internacional-SP, Joinville, Náutico, Palmeiras, Portuguesa, Rio Branco-ES, Santa Cruz, Santos, São Paulo, Treze e Vasco

V

Com a desistência da CBF organizar a competição, o Clube dos 13 decidiu realizar seu próprio campeonato

V

Atlético-MG, Bahia, Botafogo, Corinthians, Cruzeiro, Flamengo, Fluminense, Grêmio, Internacional, Palmeiras, Santos, São Paulo e Vasco

V

O Clube dos 13 ainda convidou as três equipes mais populares de Estados que não tinham vaga na Copa União para tornar a competição mais nacional.

V

Coritiba, Goiás e Santa Cruz

V

A CBF decidiu organizar o Módulo Amarelo com os clubes que se classificaram entre os 28 da Copa Brasil 1986 e não estavam na Copa União. Ainda convidou Sport e Vitória.

V

América-RJ, Atlético-PR, Atlético-GO, Bangu, Ceará, Criciúma, CSA, Guarani, Internacional-SP, Joinville, Náutico, Portuguesa, Rio Branco-ES, Sport, Treze e Vitória. Em protesto pela exclusão na Copa União, o América-RJ não disputou o Módulo Amarelo.

V

Para definir os 24 participantes da Copa União de 1988 (já organizada pela CBF), foram utilizados os participantes do Módulo Verde de 1987 e dos oito primeiros do Módulo Amarelo. A exceção foi o América-RJ, que ficou com a vaga da Internacional-SP como compensação pelo ano anterior.

V

América-RJ, Atlético-MG, Atlético-PR, Bahia, Bangu, Botafogo, Corinthians, Coritiba, Criciúma, Cruzeiro, Flamengo, Fluminense, Goiás, Grêmio, Guarani, Internacional, Palmeiras, Portuguesa, Santa Cruz, Santos, São Paulo, Sport, Vasco e Vitória

Obs.: reportagem originalmente publicada na edição nº 15 (maio de 2007) da revista Trivela

"There´s only one Ronaldo"

É bom demais ser Flamengo...

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

HÁ HE HI ROBIN WILLIANS



Uns anos atrás os Simpsons vieram pro Brasil. Homer foi sequestrado. Bart ficou excitado com a loira de shorts enfiado na bunda que apresentava um programa infantil na TV. O menino pobre que a Lisa ajudou não tinha o que comer mas estava muito feliz desfilando no Carnaval.

Esses dias Robin Willians falou o seguinte: "Claro que o Rio ganhou de Chicago a sede das Olimpíadas. Chicago levou Michele e Oprah e o Rio levou 50 strippers e 500g de cocaína".

Eu ri!

Advogados, autoridades e populares se revoltaram nos dois casos. Eles não se revoltam, não se mobilizam, não processam, não abrem inquéritos, não fazem passeatas quando o sequestro, a loira vagabunda apresentadora de programa infantil, a idiotice do carnaval, o tráfico de drogas e a prostituição acontece na vida real bem debaixo dos nossos narizes. Eles se revoltam só quando usam isso pra fazer piada.

A piada realmente boa sempre ofende alguns e mata de rir outros por um motivo simples: A boa piada sempre fala de uma verdade. Num País onde aprendemos a mentir, enganar, roubar, tirar vantagem desde cedo a verdade não diverte. Assusta. O cara engraçado pro brasileiro é sempre aquele que fala bordões manjados, dá cambolhatas no chão em altas trapalhadas, conta piadas velhas, imita o Silvio Santos e outras personalidades ou faz um trocadilho bobo mostrando ser um ignorante acerca dos assuntos. Esses bobos passivos nos deliciam porque nào incomodam ninguém! Um cara que faz um gracejo com uma verdade inconveniente pro brasileiro é como o alho pro vampiro. Merece ser execrado.

O brasileiro é uma gorda de 300 kilos que odeia ouvir que é gorda. Ela faz um regime pra parar de ouvir isso? Não! Regime e exercicio dá muito trabalho. É mais fácil ir no shopping, comprar roupa de gente magra, vestir e depois acomodar a bunda na cadeira do McDonalds. O problema é que nem todo mundo é obrigado a engolir que aquela fabrica de manteiga a Barbie só porque está com a roupa da Gisele Bundchen. Então é inevitável que mais hora menos hora alguém da multidão grite: "Volta pro circo!" ou "Minha nossa! É o StayPuff com o maiô da Dayane dos Santos?". Então a gorda chora. Se revolta. Faz manha. Ameaça. Processa. Porque, embora ela tentou se vestir como uma magra, no fundo a piada a fez lembrar que ela é mais gorda que a conta bancária do Bill Gates. A auto-estima dela tem a profundidade de um pires cheio de água.

Ao invés de dizer que Robin Willians tem dor de corno, prefeito do Rio, vai cuidar primeiro da sua dor de mulher de malandro. Sabe? Mulher de malandro sim, aquela que apanha, apanha, apanha mas engole os dentes e o choro porque acha que engana a vizinha dizendo: “Eu tenho o melhor marido do mundo”.

Advogados. Vocês já são alvos de piadas por outros motivos. Já que se incomodam com piadas evitem ser alvos de mais algumas delas não processando Robin Willians. Invés de processo envie pra ele uma carta de gratidão. Pense que ele estava num dos melhores programas de TV do mundo e só falou de puta e cocaína. Ele poderia ter falado por exemplo, que o turista que vier pra Olimpiadas se nào for roubado pelo taxista será no calçadão. Poderia também ter dito que o governo e a polícia brasileira lucram com aquela cocaína do morro carioca que ele usou na piada. E se ele resolvesse falar algo como: “As crianças do Brasil não assistirão as Olimpíadas porque estarão ocupadas demais se prostituindo”.? A...E se ele resolvesse lançar mais uma piada do tipo: “Brasileiro é tão estúpido que se preocupa com o que um comediante diz, mas não se preocupa no que o político que ele vota faz”?

Enfim... são muitas piadas que poderiam ter sido feitas. Quem é imbecil e se incomoda com piada, não seja injusto e agradeça o Robin Willians porque ele só fez aquela.

E depois brasileiro insiste em fazer piada dizendo que o Português é que é burro.


Danilo Gentili

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Pão de queijo 3 Ingredientes



Receita enviada por Carina Monteiro Fagiani

40min
25 porções

Ingredientes

1 caixinha de creme de leite (200 ml)
1 copo (requeijão) de queijo ralado (misturei parmesão e mussarela ralada)
1 copo (requeijão) de polvilho (usei polvilho doce)

Modo de Preparo


Amasse até soltar das mãos (caso precise um pouquinho a mais de polvilho, coloque aos poucos até que chegue ao ponto de enrolar). Faça bolinhas, coloque em forma untada e asse em forno pré-aquecido bem quente Se achar necessário, acrescente sal
Asse até ficarem levemente douradinhos.

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Acabe com a prisão de ventre só com a dieta

Conheça os alimentos que são imbatíveis na luta contra o incômodo

Quem sofre com a tão conhecida prisão de ventre sabe o tamanho do incômodo que ela representa. Mau humor, pele marcada e estômago inchado tornam os dias quase insuportáveis. Mas a nutricionista do MinhaVida, Karina Gallerani, afirma que há solução para o problema. "Basta uma alimentação caprichada somada a uma boa dose de exercícios físicos para garantir que a prisão de ventre desapareça". A seguir, ela mostra o que não pode faltar na casa de quem deseja viver de forma mais tranqüila.

Alimentos Crus: Comer verduras e legumes crus rende, além de muitas vitaminas, fibras para o seu organismo. Mastigue bem cada bocado e, em no máximo dois dias, você já vai notar a diferença.

Frutas com bagaço: O bagaço das frutas ajuda na formação do bolo fecal. Chupe laranja e mexerica, por exemplo, sem descartá-lo. Fazendo isso uma vez por dia, o seu intestino passa a funcionar com regularidade.

Água: Ela ajuda na digestão dos alimentos e impede o ressecamento das fezes, um problema comum se você demora muito tempo para ir ao banheiro. A hidratação ainda traz melhoras para sua pele, que fica mais clara e com mais brilho.

Iogurtes: Existem as versões específicas para quem sofre com a prisão de ventre. O consumo contínuo desses iogurtes regula o trânsito intestinal e manda o inchaço e a irritação para bem longe de você.

Alimentos integrais: São várias as opções de alimentos integrais que ajudam a acabar com a prisão de ventre; Arroz, trigo, pão, milho, aveia e granola são alguns exemplos. Uma porção desses alimentos por dia já é suficiente.

Evite: Para acabar de vez com o mal estar proporcionado pela prisão de ventre, também é preciso evitar alguns alimentos que colaboram com o transito intestinal. Entre eles estão as frituras, os biscoitos (com exceção daqueles à base de fibras) e os alimentos açucarados, como balas e chocolates.

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Muita força na escovação dos dentes pode deixá-los sensíveis, alertam especialistas

11 de novembro de 2009 (Bibliomed).

Escovar os dentes com muita força e o consumo excessivo de alimentos e bebidas ácidos são os principais fatores que levam à sensibilidade dos dentes, segundo dentistas da Academy of General Dentistry dos Estados Unidos. Uma pesquisa com 700 especialistas apontou que um terço dos dentistas indica que o consumo de alimentos ácidos é a principal causa dos dentes sensíveis, seguido da técnica de escovação.

Resultado da irritação do nervo do dente, a sensibilidade dos dentes é caracterizada pelo desconforto ou dor súbita e acentuada em um ou mais dentes, principalmente quando se consome alimentos ou bebidas quentes ou frias demais, quando se inspira ar frio, ou com a pressão sobre o dente. Segundo a Academia, ela afeta pelo menos 40 milhões de americanos adultos.

Segundo o especialista Van B. Hayward, da Escola de Odontologia do Medical College of Georgia, a escovação agressiva e as substâncias ácidas podem desgastar o esmalte dos dentes e afetar também as gengivas. "Quando a camada protetora do esmalte é corroída ou as linhas da gengiva recuam, um tecido mais sensível no seu dente – chamado dentina – pode ficar exposto", explicou o dentista. "A dentina se conecta ao centro do nervo interno do dente, então, quando ela está desprotegida, o centro nervoso pode ser deixado sem escudo e vulnerável a sensações, incluindo a dor".

Além dessas duas causas principais citadas na pesquisa, os dentistas relataram que alguns cremes dentais, enxaguantes bucais e produtos para branquear os dentes, além de dentes quebrados ou rachados, bulimia e refluxo, podem contribuir para a sensibilidade dos dentes.

Para aliviar o problema, os especialistas recomendam: usar um creme dental especial para dentes sensíveis; usar uma escova de cerdas macias; ter boa prática de higiene oral, usando fio dental regularmente e escovando os dentes pelo menos duas vezes por dia durante dois ou três minutos; manter a escova em ângulo de 45 graus, escovando delicadamente em movimentos circulares, com a escova na ponta dos dedos, e não na palma da mão; e evitar alimentos e bebidas ácidas, como refrigerantes e alimentos cítricos.

terça-feira, 10 de novembro de 2009

Recoloque-se no mercado com um currículo adequado.Veja as dicas e evite deslizes na entrevista de emprego!

Por Amélia em 9,Nov,2009

Olá, tenho recebido vários pedidos de dicas a respeito de recolocação profissional, sei que há muita mulher hoje em casa que gostaria de ter seu próprio dinheiro pra administrar e ajudar nas despesas de casa, ou mesmo mulheres que estão pensando em mudar de trabalho e não sabem como proceder, então saiba que o começo de tudo parte da apresentação do seu currículo!

Diferente do que muita gente pensa, o currículo não é só um documento burocrático, ele vai ser a primeira impressão do candidato para a empresa onde deseja trabalhar.

É com um currículo bem feito que suas chances de conseguir aquele emprego vão aumentar, é nele que a empresa vai avaliar e ficar com a primeira impressão do candidato, um único erro no currículo pode ser fatal para conseguir ocupar a vaga na empresa.

Hoje em dia temos muitos sites de recolocação no mercado, mas atenção, fique atenta aos espertinhos que dão um golpe, garantindo um emprego e você só tem que pagar uma tarifa, no final ele nem tem vaga alguma, só está ali para tirar o seu dinheiro, o que acho um absurdo, pois sei que nessa fase está se contando as moedas.

Para elaborar um bom currículo alguns cuidados devem ser tomados, e se você já tem o seu mantenha-o sempre atualizado, afinal é sempre bom ser reconhecido no mercado e estar antenado às mudanças, hoje com a internet, tudo ocorre muito rápido, e temos que estar atentos às boas oportunidades.

Foto no Currículo - Só coloque uma foto no seu currículo se a empresa solicitar, se no caso isso acontecer coloque uma foto 3×4 como de documentos, nada de fotos grandes e sorrindo. Esteja sério na foto.

Título no Currículo - Você não precisa colocar no topo da folha nenhum tipo de título, exemplo: Currículo ou Currículo Vitae. Um currículo já é um currículo.

Dados Pessoais - Os dados pessoais que são necessários no currículo são: Nome, Endereço, Telefone e E-mail. Não se usa números de documentos ou nome dos pais no currículo, se a contratação acontecer isso será pedido depois.

Formato do Currículo - Siga sempre um padrão, as melhores letras são Times New Roman ou Arial, Escolha sempre a cor preta.

Suas Qualidades no Currículo - Sinceramente o que você colocar não vai fazer muita diferença, isso porque suas qualidades vão ser avaliadas em uma dinâmica de grupo ou na própria entrevista.

Formação acadêmica – Importante mencionar o curso, instituição e ano de conclusão.

Idiomas – Cite os idiomas e o grau de conhecimento de cada um deles.

Experiências Profissionais - Coloque todas as suas experiências profissionais em ordem decrescente - do mais recente para o mais antigo. Coloque o nome das empresas as datas de entrada e saída que trabalhou lá e qual tipo de função exerceu em cada uma.

Informações adicionais – Pode citar algumas vivências no exterior, seja para estudar ou a trabalho.

Importante: Não invente nada, tem que ser literalmente uma tradução de seu conteúdo intelectual. Digo isso, pois já vi muita gente inventando coisas, que depois na hora da dinâmica ou entrevista, cai por terra.



Entregue seu currículo em empresas que você conheça e possa ter interesse num profissional com o seu conteúdo. Envie pela internet ou correio. Seja como for, o importante é fazer o mercado saber que você está de volta, buscando oportunidades.

Passada a fase de envio do currículo, as empresas ligam para agendar uma entrevista para conhece-la pessoalmente, afinal uma coisa é conhecer a pessoa através do que o papel diz, outra é pessoalmente.

Nessa hora, são necessários alguns cuidados para não ver sua vaga “bater asas”.

Não exagere no perfume, escolha cores sóbrias e peças clássicas na hora de escolher o que vestir.
Não gesticule demais, pois isso pode ser entendido pelo outro lado como sinal de insegurança.
Fale o suficiente, nem demais e tão pouco de menos.

Procure manter uma postura ereta, nada de sentar-se a frente do entrevistador e arquear os ombros pra frente (ficar encurvada). Imagine que você tem uma batalha importante a vencer à frente dele.

Prepare-se para a entrevista, pesquise na internet sobre a empresa, saiba o seguimento que atua, há quanto tempo existe, quem são seus principais dirigentes, se é familiar, essas informações lhe protegerá de cometer deslizes, e comentar algo com o entrevistador que seja contrário às necessidades da empresa.

Esteja pronta para responder a perguntas como:

Porque eu deveria te contratar
Em que você pode ajudar para o crescimento da empresa
Seus defeitos
Suas qualidades
Como pretende estar daqui a cinco anos
Qual sua pretensão salarial (pesquise em sites ou jornais sobre a faixa salarial de sua categoria).

Esteja sempre disposta a aprender, trabalhar em grupo, evitar as panelas de fofocas, e fazer simplesmente o seu trabalho, garanto que isso lhe trará longevidade na empresa.

Fonte

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Tomar banho diário é invenção de índios brasileiros

Você sabia que o hábito de tomar banho todos os dias é uma invenção indígena? Pois é, o costume de se lavar diariamente no final da tarde era uma tradição indígena que acabou sendo copiada pelos colonizadores portugueses.

Os índios brasileiros eram muito limpos. Costumavam entrar no rio para se banhar mais de dez vezes por dia. Tanto que os portugueses, quando chegaram aqui a partir de 1500, se assustaram. Pero Vaz de Caminha chegou a escrever que os nativos da terra eram tão limpos e tão formosos que deixavam qualquer europeu admirado.

Carta de Pero Vaz de Caminha

Diante de tanta formosura e limpeza, os portugueses acabaram cedendo aos hábitos dos nativos. Começaram lavando os pés diariamente, depois passaram para uma prática mais regular de banho e, então, se entregaram totalmente ao banho nosso de todo dia.

Os membros da corte portuguesa resistiram bem mais tempo antes de mudarem seus hábitos. No século XVIII, algumas cidades já usavam a água de poços e chafarizes mantidos pelo Estado. Quando a família real portuguesa chegou ao Brasil, em 1808, o Rio de Janeiro passou a ser o primeiro município a contar com água encanada no país.

Fonte

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Maktub

“Diz o mestre:

A Lenda Pessoal não é tão simples como parece. Pelo contrário, pode ser uma atividade perigosa. Quando queremos algo, colocamos em marcha energias poderosas, e já não podemos esconder de nós mesmos o verdadeiro sentido de nossa vida. Quando queremos algo, fazemos uma escolha do preço a pagar.

Seguir um sonho tem um preço. Pode exigir que abandonemos velhos hábitos, pode nos fazer passar dificuldades, ter decepções etc.

Mas, por mais alto que seja este preço, nunca é tão alto como o que é pago por quem não viveu sua Lenda Pessoal. Porque estes um dia vão olhar para trás, ver tudo o que fizeram, e escutar o próprio coração dizer: “Desperdicei minha vida.”

Acreditem, esta é uma das piores frases que alguém pode ouvir.”

Paulo Coelho.

O mouse, rumo à aposentadoria

Hoje em extinção, já foi imprescindível para o desenvolvimento do computador pessoal e da internet

por Larry Greenemeier © MIT



A história do mouse: Douglas Engelbart inventou o mouse originalmente como uma maneira de navegar no seu oNLine System (NLS), um precursor da internet
Há pouco mais de 40 anos, Douglas Engelbart apresentou seu “indicador de coordenadas X-Y para um sistema de exibição na tela” – mais conhecido hoje como mouse – durante uma apresentação de 90 minutos em um “monitor multiconsole, interativo, baseado em computador”, no Instituto de Pesquisa Stanford (SRI, na sigla em inglês), em Menlo Park, Califórnia. Esse evento, que contou com a presença de cerca de mil profissionais da computação e seria mais tarde considerado por muitos como a “mãe de todas as demos”, introduziu um grande número de aplicativos de computação como o mouse, o hipertexto, o endereçamento de objetos e a vinculação dinâmica de arquivos.

Engelbart, hoje com 84 anos, registrou a patente em 1967, mas teve de esperar três anos para que os Estados Unidos reconhecessem sua tecnologia, que forneceu a ferramenta necessária para se navegar em telas de computador cheias de gráficos com um simples movimento manual em vez de se arrastar ao longo de telas cheias de texto utilizando teclas ou um lápis de luz pressionado contra um monitor de raios catódicos. “Não sei por que chamamos isso de mouse”, ele comentou durante a demonstração. “Começou assim e nunca mais mudamos”.

O mouse original consistia de uma caixa de madeira com uma altura duas vezes maior que a atual e três botões na parte de cima, que se movia com a ajuda de duas rodinhas na parte inferior, em vez da esfera de borracha (trackball). As rodas – uma para a posição horizontal e outra para a vertical – formavam um ângulo reto. Quando se movia o mouse, a roda da vertical rolava pela superfície enquanto a outra deslizava de lado. O mouse foi se tornando mais ergonômico com o tempo e posteriormente fora madotas as trackballs, laseres e LEDs, mas o princípio é o mesmo ─ o computador registra tanto a distância quanto a velocidade com que o mouse se desloca e transforma essa informação em código binário para ser exibido na tela.

Engelbart inventou o mouse para poder navegar em seu oNLine System (NLS), um precursor da internet que permitia que usuários compartilhassem informações armazenadas em seus computadores. Engelbart desenvolveu o NLS com subvenção da Agência de Pesquisas em Projetos Avançados (Darpa, na sigla em inglês) do Departamento de Defesa dos Estados Unidos, foi também o primeiro sistema a usar, com sucesso, o hipertexto para fazer a ligação entre arquivos (tornando a informação disponível por meio de um clique do mouse).

Como sua patente expirou antes que o mouse fosse amplamente utilizado com os computadores pessoais, em meados dos anos 80, Engelbart não recebeu reconhecimento nem royalties por sua invenção. Em 1971, a tecnologia do mouse percorreu o caminho do laboratório de Engelbart até o Centro de Pesquisas de Palo Alto da Xerox Corp. (PARC, na sigla em inglês), quando Bill English, engenheiro de computação que já havia trabalhado para Engelbart no SRI, se juntou à empresa.

A Xerox foi a primeira empresa a comercializar, em 1981, um sistema de computador acompanhado de um mouse ─ o 8010 Star Information System, mas o termo “mouse” não se tornaria parte do léxico moderno até a Apple torná-lo um equipamento padrão do Macintosh original, em 1984. O surgimento do sistema operacional Windows, da Microsoft, e os navegadores para internet aceleraram a expansão do mouse nos anos 1990 até a primeira década do século 21.

O trabalho de Engelbart no SRI terminou em 1989, quando a McDonnell Douglas Corp., seu último empregador, depois de sua divisão no SRI ter mudado de dono algumas vezes, acabou fechando seu laboratório. Naquele ano, Engelbart fundou o Instituto Bootstrap (hoje Instituto Doug Engelbart), uma empresa de consultoria, em Menlo Park, que encoraja pesquisadores a compartilharem descobertas e desenvolverem os projetos mútuos.

A Logitech colocou 1 bilhão de mouses no mercado, o que “mostra o sucesso desse dispositivo e o domínio da interface gráfica do usuário da qual faz parte”, relatou o analista Steve Prentice no Gartner Blog Network, em dezembro. Ele ainda acrescenta que os mouses não sobreviverão num futuro dominado por smartphones com telas sensíveis ao toque, notebooks com touchpads e controladores de videogames com acelerômetros embutidos (como os fornecidos com o Wii da Nintendo). Segundo ele, o mouse está como os dias contados; em menos de cinco anos estará nos museus de tecnologia juntamente com monitores de raios catódicos, cartões perfurados e outras tecnologias hoje honrosamente aposentadas após anos de serviços prestados fielmente em escritórios do mundo todo.

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

CERTIDÃO ELEITORAL ELETRÔNICA

Você ainda guarda aquelas tirinhas de papel ridículas para comprovar que votou nas últimas eleições?
Afinal de contas sem essa comprovação não dá para tirar Passaporte, CTPS, etc. não é mesmo?
Pois pode jogar todas as suas tirinhas no lixo!
Basta apresentar a Certidão de Quitação Eleitoral que não custa um centavo sequer e que você mesmo imprime em casa.

Basta acessar o site abaixo e preencher com os dados que você encontra no seu Título de Eleitor:
http://www.tse.gov.br/internet/servicos_eleitor/quitacao_blank.htm



Roberta Nogueira
jornalista
POSTADO POR NOTICIARAMA ÀS 07:05

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Chuva desaba sobre Baependi

Na última tarde de domingo, dia 25 de outubro de 2009, uma incrível chuva desabou sobre a cidade de Baependi. O flagrante foi visto do bairro Alvorada em Caxambu. Moradores da cidade afetada ouvidos no dia seguinte relatam muitas casas destelhadas, enxurradas enormes e muito barro e sujeira espalhadas pela cidade após o dilúvio. Confira fotos incríveis:



















Felizmente não houve relatos de acidentes mais graves. Mas que a natureza é formidável isso ninguém pode negar. E nós insistimos em brincar com ela.

terça-feira, 6 de outubro de 2009

Movimento Volta-Perdidos Chaves & Chapolin

Visite o site oficial do movimento VOLTA PERDIDOS CH & CH, pelo retorno dos chamados "episódios perdidos" das séries Chaves e Chapolin (SBT/Televisa), criadas por Roberto Gómez Bolaños "Chespirito". Queremos também a exibição dos episódios dublados que nunca foram ao ar. Para participar do movimento, assine o nosso abaixo-assinado: http://www.abaixoassinado.org/abaixoassinados/4230

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Um raio pode atingir alguém em um local fechado?

Mais de mil pessoas são atingidas por raios todos os anos nos Estados Unidos e mais de cem delas morrem em decorrência do acidente. No Brasil morreram 75 pessoas vítimas de raios em 2008 - contra os 47 do ano anterior, de acordo com levantamento do Grupo de Eletricidade Atmosférica (Elat) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). Foi o recorde da década. Em 2008, 61% dos casos ocorreram no verão e 23% na primavera, sendo que 76% das vítimas eram do sexo masculino. Nenhuma das mortes, no entanto, ocorreu dentro de ambientes fechados. Todas as pessoas que foram atingidas estavam ao ar livre.


© Chan Pak Kei / iStockphoto

Numa tempestade de raios, se você estiver dentro de casa pode ser atingido por um?

Isso não quer dizer que as pessoas são imunes a raios quando estão dentro de casa. Se um raio atingir a linha do telefone do lado de fora da casa, a descarga elétrica viajará para todas as extensões dessa linha e pode atingi-lo, caso você esteja segurando o telefone. Se você estiver dentro de um local fechado durante uma tempestade, fique longe do telefone com fio. Se for extremamente necessário ligar para alguém, utilize um telefone sem fio ou um telefone celular. Assim, você estará se afastando do perigo.
Fique longe de encanamento de metal de lugares como a banheira ou o chuveiro. Um raio consegue atingir uma casa ou um local próximo a ela e transmitir uma descarga elétrica aos canos de metal utilizados no encanamento. Se você estiver em contato com esses canos ou com algo conectado a eles, a descarga elétrica pode atingi-lo. Mas isso já não é tão perigoso quanto antes, uma vez que a maioria dos encanamentos atuais são feitos de PVC (cloreto de polivinil). Se não souber de que material o seu encanamento é feito, espere até a tempestade passar.
Nesse meio tempo, desligue todos os utensílios elétricos e aparelhos eletrônicos. Aparelhos como o computador, a televisão e o ar condicionado são possíveis meios de acesso entre o raio e você.

Fonte

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Hurricane Smith

Poucos sabem, mas Hurricane Smith (22 de fevereiro de 1923 - 3 de março de 2008) foi um músico e produtor musical Inglês. Ele foi o engenheiro de som em todos os estúdios de gravação de som da EMI, onde prestou serviços para os Beatles até 1965, quando a EMI promoveu-o de engenheiro para o produtor. O último álbum dos Beatles que ele gravou foi Rubber Soul.

Esta música é da década de 1970, animou muitos bailes, mas creio que quase ninguém entendia o que Hurricane Smith estava cantando. Agora se vê que ele, há quase 40 anos, já estava prevendo o que iriam fazer com o mundo.
Assista ao vídeo, veja a letra e a melodia maravilhosa.
É tocante.



E-mail recebido de Rafael Pinto Filho.

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Frases sobre Otimistas e Pessimistas

"O otimista proclama que vivemos no melhor dos mundos. O pessimista teme que seja verdade." (James Branch Cabell)

"Sinto-me deveras otimista quanto ao futuro do pessimismo." (Jean Rostand)

"O otimista erra tanto quanto o pessimista, mas não sofre por antecipação." (Fernando Sabino)

"É sempre melhor ser otimista do que ser pessimista. Até que tudo dê errado, o otimista sofreu menos." (Armando Nogueira)

"Cheguei à conclusão de que o otimista achava tudo bom menos o pessimista, e o pessimista achava tudo ruim, menos ele mesmo." (Gilbert Keith Chesterton)

"O otimismo é um cheque em branco a ser preenchido pelo pessimista."
(Carlos Drummond de Andrade)

"Não são as nossas idéias que nos fazem otimistas ou pessimistas, mas o otimismo e o pessimismo de origem fisiológica que fazem as nossas idéias." (Miguel de Unamuno)

"O pessimismo é humor; o otimismo é vontade."
(Émile-Auguste Chartier, "Alain")

"O otimista pode até errar, mas o pessimista já começa errado."
(Juscelino Kubitschek)

"Pessimismo leva à fraqueza, otimismo ao poder." (William James)

"Os mais pessimistas de agora foram os mais otimistas de outros tempos. Iam atrás de falsas quimeras. A desilusão frustou-os." (Hu Shu)

"O pessimista se queixa do vento, o otimista espera que ele mude e o realista ajusta as velas." (William George Ward)

"O pessimista vê dificuldade em cada oportunidade; o otimista vê oportunidade em cada dificuldade." (Winston Churchill)

"Um pessimista é uma pessoa que tem sempre razão mas não tira qualquer prazer desse fato, enquanto um otimista é aquele que imagina que o futuro é incerto." (Edward Teller)

"O pessimismo é uma filosofia imposta às convicções do observador pelo desalentador predomínio do otimista." (Ambrose Bierce)

"O mundo pertence aos otimistas: os pessimistas são meros espectadores." (Dwight D. Eisenhower)

"É melhor ser pessimista do que otimista. O pessimista fica feliz quando acerta e quando erra." (Millôr Fernandes)

"O pessimismo é uma filosofia imposta às convicções do observador pelo desalentador predomínio do otimista."(Ambrose Bierce)

"Sou um pessimista pela inteligência e um otimista por desejo."
(Antonio Gramsci)

"Só os pessimistas forjam o ferro enquanto ele ainda está quente. Os otimistas confiam em que ele não esfrie." (Peter Bamm)

"Um otimista é uma pessoa que enxerga a luz verde em todos os lugares, enquanto o pessimista apenas vê a luz vermelha, indicando pare. A pessoa realmente sensata é aquela que é cega para cores." (Albert Schweitzer)

"Para não se tornar um tolo, o otimista precisa saber o quanto o mundo pode ser ruim. Apenas o pessimista descobre isso de novo a cada dia."
(Peter Ustinov)

"Otimista é aquele que olha nos seus olhos; Pessimista é aquele que olha em seus pés." (Gibert Keith Chesterton)

"O homem que é pessimista antes dos 50 anos, sabe demasiado; o que é otimista depois, não sabe o bastante." (Samuel Langhorne Clemens)

"O pessimista senta-se e lastima-se, o otimista levanta-se e age."
(A. C. Jesus)

"O pessimista é um otimista com experiência." (François Truffaut)

"Pessimista é aquele que acha que já se chegou ao pior. O otimista diz que tudo sempre pode piorar." (Abel Agabenguian)

"Qual é a diferença entre um pessimista e um otimista? Um pessimista acha que as coisas podem piorar e o otimista diz: 'Sim, podem'." (Alexei Pushkov)

"O pessimista pede emprestado problemas; o otimista empresta encorajamento." (William Arthur Ward)

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Pessoas INTELIGENTES (Arnaldo Jabor)

Enviado por Tia Zi.

Conta-se que numa cidade do interior um grupo de pessoas se divertia com o idiota da aldeia. Um pobre coitado, de pouca inteligência, vivia de pequenos biscates e esmolas. Eles diariamente chamavam o idiota ao bar onde se reuniam e ofereciam a ele a escolha entre duas moedas: uma grande de 25 centavos e outra menor, de 50 centavos.
Ele sempre escolhia a maior e menos Valiosa, o que era motivo de risos para todos. Certo dia, um dos membros do grupo chamou-o e lhe perguntou se ainda não havia percebido que a moeda maior valia menos. 'Eu sei' - respondeu o Tolo assim: 'Ela vale duas vezes menos, mas no dia que eu escolher uma outra, a brincadeira acaba e não vou mais ganhar minha moeda'.



Pode-se tirar várias conclusões dessa pequena narrativa.

A primeira: Quem parece idiota, nem sempre é.
A segunda: Quais eram os verdadeiros idiotas da história?
A terceira: Se você é ganancioso, acaba estragando sua fonte de renda.

Mas a conclusão mais interessante é:

A percepção de que podemos estar bem, mesmo quando os outros não têm uma boa opinião a nosso respeito ..
Portanto, o que importa não é o que pensam de nós, mas sim, quem realmente somos.
"O maior prazer de uma pessoa inteligente é bancar o idiota, diante de um idiota que banca o inteligente '.

Se você descobrir me conta...

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Mensagem legal...



UMA MULHER BRANCA, DE APROXIMADAMENTE 50 ANOS, CHEGOU AO SEU LUGAR NA CLASSE ECONÔMICA E VIU QUE ESTAVA AO LADO DE UM PASSAGEIRO NEGRO.

VISIVELMENTE PERTURBADA, CHAMOU A COMISSÁRIA DE BORDO.

"QUAL O PROBLEMA, SENHORA"?, PERGUNTA UMA COMISSÁRIA.

"NÃO ESTÁ VENDO? - RESPONDEU A SENHORA

- "VOCÊS ME COLOCARAM AO LADO DE UM NEGRO. NÃO POSSO FICAR AQUI.

VOCÊ PRECISA ME DAR OUTRA CADEIRA".

"POR FAVOR, ACALME-SE - DISSE A AEROMOÇA -

"INFELIZMENTE, TODOS OS LUGARES ESTÃO OCUPADOS.

PORÉM, VOU VER SE AINDA TEMOS ALGUM DISPONÍVEL".

A COMISSÁRIA SE AFASTA E VOLTA ALGUNS MINUTOS DEPOIS.

"SENHORA, COMO EU DISSE, NÃO HÁ NENHUM OUTRO LUGAR LIVRE NA CLASSE ECONÔMICA. FALEI COM O COMANDANTE E ELE CONFIRMOU QUE NÃO TEMOS MAIS NENHUM LUGAR NEM MESMO NA CLASSE ECONÔMICA.

TEMOS APENAS UM LUGAR NA PRIMEIRA CLASSE". E ANTES QUE A MULHER FIZESSE ALGUM COMENTÁRIO, A COMISSÁRIA CONTINUA:

"VEJA, É INCOMUM QUE A NOSSA COMPANHIA PERMITA À UM PASSAGEIRO DA CLASSE ECONÔMICA SE ASSENTAR NA PRIMEIRA CLASSE. PORÉM, TENDO EM VISTA AS CIRCUNSTÂNCIAS, O COMANDANTE PENSA QUE SERIA ESCANDALOSO OBRIGAR UM PASSAGEIRO A VIAJAR AO LADO DE UMA PESSOA DESAGRADÁVEL".

E, DIRIGINDO-SE AO SENHOR NEGRO, A COMISSÁRIA PROSSEGUIU:

PORTANTO, SENHOR, CASO QUEIRA, POR FAVOR, PEGUE A SUA BAGAGEM DE MÃO, POIS RESERVAMOS PARA O SENHOR O MELHOR LUGAR NA PRIMEIRA CLASSE...

" E TODOS OS PASSAGEIROS PRÓXIMOS, QUE, ESTUPEFATOS, ASSISTIAM À CENA, COMEÇARAM A APLAUDIR, ALGUNS DE PÉ.

Amizade Masculina/Feminina

AMIZADE FEMININA

Certa noite uma mulher não voltou para casa...
No dia seguinte, ela disse ao marido que tinha dormido na casa de uma amiga.
Desconfiado, o homem telefonou para as 10 melhores amigas da mulher, e...
Nenhuma sabia de nada...
Moral da História: Ô RAÇA DESUNIDA...

AMIZADE MASCULINA

Certa noite um homem não voltou para casa....
No dia seguinte, ele disse à esposa que tinha dormido na casa de um amigo.
Desconfiada, a mulher telefonou para os 10 melhores amigos do marido e...
Oito deles confirmaram que ele tinha passado a noite na casa deles e dois disseram que ele ainda estava lá!!!
Moral da História: Ô RAÇA FILHA DA P...

Frases de Efeito

1. 'O amor é como capim: você planta e ele cresce. Aí vem uma vaca e acaba com tudo.'

2. 'O novo email do governo é: planalto@lheira.gov.br

3. 'Estamos numa época em que o Fim do Mundo não assusta tanto quanto Fim do Mês'

4. 'O homem é o único animal que consegue estabelecer uma relação amigável com as vítimas que ele pretende comer.'

5. 'Tamanho não é documento e dinheiro não traz felicidade'. (Autor desconhecido,pobre e de pinto pequeno)

6. 'Nunca fiz amigos bebendo leite'

7. Comer Puta é igual Bung Jump: a emoção é Grande, mas se estourar a borracha você tá fudido!!!

8. 'Acho que estou com anorexia: Não estou comendo ninguém!'

9. 'De que adianta a beleza interior da mulher, se o pinto não tem olhos???'

10. 'O homem pensa demais porque tem 2 cabeças e.... A mulher fala demais porque tem 4 lábios !!!'

11. Quer conhecer tua namorada... CASA! Quer conhecer tua mulher... SEPARA!!!

12. Quando me casei, descobri a felicidade. Mas aí, já era tarde demais...

13. Casamento é uma tragédia em dois atos: civil e religioso


14. Amor é aquilo que começa com um príncipe beijando um anjo e acaba com um careca olhando para uma gorda.

15. Velho é aquele que quando jovem costumava ter quatro membros flexíveis e um duro. Agora tem quatro duros e um flexível.

16. Status é comprar uma coisa que você não quer, com um dinheiro que você não tem, para mostrar pra gente que você não gosta, uma pessoa que você não é.

17. Feliz é aquele que é tão bonito quanto a mãe acha que é.Tem tanto dinheiro quanto o filho dele acha que tem. Tem tantas mulheres quanto a mulher dele acha que ele tem. E é tão bom de cama como ele acha que é

18. 'Quem trabalha muito, erra muito. Quem trabalha pouco, erra pouco. Quem não trabalha não erra. E quem não erra.... é promovido.'

19. 'Como é difícil se livrar de uma mulher fácil.'

20. 'Sabe o que o argentino tem mais que o brasileiro? Tem mais é que se fuder'

21. 'A verdadeira bravura está em chegar em casa bêbado, de madrugada, todo cheio de batom, ser recebido pela mulher com uma vassoura na mão e ainda ter peito pra perguntar : vai varrer ou vai voar?'

22. 'Casamento é igual piscina gelada, depois que o primeiro tonto entra, fica falando para os outros: - Pula que a água tá boa.'

23. 'Eu li que fumar fazia mal, então parei de fumar...
Li que beber fazia mal, então parei de beber...
Li que comer gordura fazia mal, então parei de comer...
Li que sexo fazia mal, então parei de LER!!!'

24. 'Um cigarro encurta a vida em 2 minutos... Uma garrafa de álcool encurta a vida em 4 minutos.... Um dia de trabalho encurta a vida em 8 horas'

25. 'Mulheres são como piscinas: O custo da manutenção é muito elevado se comparado ao tempo que passamos dentro delas..'

26. 'Se você sentir duas bolinhas encostando na sua bunda, não se preocupe, o pior já passou'.
27. 'Quem enxerga mais longe é o ginecologista... porque enxerga lá na casa do caralho'

28. 'Se caminhar fosse bom para a saúde o carteiro seria imortal'
29. 'Se você é capaz de sorrir quando tudo deu errado, é porque já descobriu em quem pôr a culpa.'

30. 'A posição sexual que os casais mais usam é a de cachorrinho: o marido senta e implora... a mulher rola e finge de morta!!!'

31. '90% do meu dinheiro eu gasto com bebida. Os outros 10% são do garçom'

32. 'Duro mesmo é quando.... você é um gêmeo Siamês. Seu irmão, colado no seu ombro, é gay. Você não é.. Ele tem um encontro esta noite. E vocês, só têm uma bunda'

33. 'Galileu, quando afirmou que o mundo girava ele simplesmente afirmou o que nós bêbados já sabiamos.'

34. 'Crianças no banco dianteiro podem causar acidentes.. Acidentes no banco traseiro podem causar crianças.'

35. 'Eu bebo pra ficar ruim mesmo... se fosse para ficar bom eu tomava remédio'.

36. 'A diferença entre uma mulher na TPM e um sequestrador, é que com o sequestrador ainda existe uma possibilidade de negociação.'

37. 'Se não puder ajudar, atrapalhe, afinal o importante é participar.'

38. 'Errar é humano. Colocar a culpa em alguém é estratégico.'

39. ' Sexo é como truco, Se você não tem um bom parceiro, é melhor que tenha uma boa mão... '

40. 'Os homens mentiriam muito menos se as mulheres fizessem menos perguntas'
41. 'Marido é igual a menstruação: Quando chega, incomoda; quando atrasa, preocupa'
42. 'Se o horário oficial é o de Brasília, por que a gente tem que trabalhar na segunda e na sexta?'

43. 'Errar é humano, persistir no erro é americano,acertar no alvo é muçulmano.'

44. 'Roubar idéias de uma pessoa é plágio... Roubar de várias, é Monografia'
45. 'Nas horas difíceis da vida você deve levantar a cabeça, estufar o peito, e dizer de boca cheia: Agora fudeu...!!!'

46. 'Já que cada vez mais as mulheres estão indo em busca de seus direitos, bem que na volta poderiam trazer uma cerveja....'

47. 'Mulher feia é que nem muro alto, primeiro dá um medo..... mas depois a gente acaba trepando.'

48. 'Não te cases por dinheiro, podes conseguir um empréstimo bem mais barato.'

49. 'Casar é a metade do divertimento pelo dobro do preço'

50.' Há 2 palavras que abrem muitas portas: Puxe e empurre. '

51. 'Não há melhor momento do que hoje para deixar para amanhã o que você não vai fazer nunca'

52. 'Todos os cogumelos são comestíveis... porém alguns só uma vez'

53.'Se tamanho fosse documento o elefante era dono do circo.'

54. 'Mulher feia é que nem pantufa.... dentro de casa é até gostoso, mas pra sair na rua dá uma vergonha...

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Guia rápido para entender o Twitter

Muita gente anda me perguntando o que é o Twitter, eu ainda estou pegando as manhas. Achei este guia bem interessante. Vale a pena dar uma olhada...

Por LUIZ FUKUSHIRO | Do UOL Tecnologia

Bombando ou não, o Twitter é ainda uma coisa nova no mundo da web. Vale então fazer um guia prático para entender tudo isso. Usamos um pouco mais de 140 caracteres, mas mesmo assim é rapidinho.

Twitter
Ferramenta de microblog para criar posts de até 140 caracteres. Você escreve o que está fazendo, indica um link do que viu na web, desabafa, conta piada... tudo o que o curto espaço permitir. O endereço é twitter.com.

Tweet
É um post do Twitter.

Twitteiro
Aquele que posta no Twitter.

Seguidores (Followers)
São aqueles que leem os seus tweets. Você pode optar por deixar seus posts em aberto, ou seja, qualquer um pode ler e seguir você, ou exigir que você autorize a pessoa a ser seu seguidor.

Reply
São respostas a outros tweets. Por exemplo, alguém faz uma pergunta e você quer responder a ela. Colocando um @ na frente do login da pessoa, ela vai saber que a resposta é para ela. Se quiser enviar replies para o UOL Tecnologia, mande uma mensagem com @uol_tecnologia na frente. Se alguém fizer isso com o seu login, é um reply para você.

Mensagem direta (Direct message)
São mensagens privativas, que somente o destinatário vai ler — ou seja, não aparece na sua página. Funciona colocando uma letra "D" antes do login da pessoa. Para mandar uma mensagem direta para o UOL Tecnologia, por exemplo, digite D uol_tecnologia antes da sua mensagem.

Hashtag
Para facilitar a busca de mensagens ou buscar interesses específicos no Twitter, foram criadas as hashtags. Toda palavra com um sustenido (#) na frente, sinaliza uma hashtag. Por exemplo, para falar de tecnologia, coloque a hashtag #tecnologia. Assim, quem entrar no site Hashtags e procurar por tecnologia, pode encontrar seu tweet.

Eu também quero ir - PortocainaRede

Navegando do Blog Mundo Gump me deparei com a oportunidade de ir para Porto de Galinhas. Resolvi participar, nunca ganhei nada mas não custa. Porque você também não tenta...



Veja como participar aqui.

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

VII Blue Cloud - 2009



Flávio Gomes da ESPN Brasil disse:

Bem macacada chegada nos antiguinhos, está tudo quase pronto para a sétima edição do Blue Cloud, o encontro de DKWs que fazemos desde 2003. Vai ser em Caxambu de novo neste ano, no Parque das Águas, com os convidados “não-2T”, o pessoal que tem Puma e Passat.

As informações podem ser obtidas aqui, no site do Paulo Renato Arantes.

A festa é maravilhosa, quatro dias de fumaça e alegria com DKWs por todos os lados. Vai de 22 a 25 de outubro.

Mais informações aqui

terça-feira, 1 de setembro de 2009

35 pérolas do Enem 2009

ENEM 2009, cada vez melhor!!! ou seja, pior...

O tema da redação do Enem desse ano foi Aquecimento Global, e como acontece todo ano, não faltaram preciosidades. Lá vão:



1) “o problema da amazônia tem uma percussão mundial. Várias Ongs já se estalaram na floresta.” (percussão e estalos. Vai ficar animado o negócio)

2) “A amazônia é explorada de forma piedosa.” (boa)

3) “Vamos nos unir juntos de mãos dadas para salvar o planeta.” (tamo junto nessa, companheiro. Mais juntos, impossível)

4) “A floresta tá ali paradinha no lugar dela e vem o homem e créu.” (e na velocidade 5!)

5) “Tem que destruir os destruidores por que o destruimento salva a floresta.” (pra deixar bem claro o tamanho da destruição)

6) “O grande excesso de desmatamento exagerado é a causa da devastação.” (pleonasmo é a lei)

7) “Espero que o desmatamento seja instinto.” (selvagem)



8) “A floresta está cheia de animais já extintos. Tem que parar de desmatar para que os animais que estão extintos possam se reproduzirem e aumentarem seu número respirando um ar mais limpo.” (o verdadeiro milagre da vida)



9) “A emoção de poluentes atmosféricos aquece a floresta.” (também fiquei emocionado com essa)

10) “Tem empresas que contribui para a realização de árvores renováveis.” (todo mundo na vida tem que ter um filho, escrever um livro, e realizar uma árvore renovável)

11) “Animais ficam sem comida e sem dormida por causa das queimadas.” (esqueceu que também ficam sem o home theater e os dvd’s da coleção do Chaves)

12) “Precisamos de oxigênio para nossa vida eterna.” (amém)

13) “Os desmatadores cortam árvores naturais da natureza.” (e as renováveis?)

14) “A principal vítima do desmatamento é a vida ecológica.” (deve ser culpa da morte ecológica)

15) “A amazônia tem valor ambiental ilastimável.” (ignorem, por favor)

16) “Explorar sem atingir árvores sedentárias.” (peguem só as que estiverem fazendo caminhadas e flexões)

17) “Os estrangeiros já demonstraram diversas fezes enteresse pela amazônia.” (o quê?)

18) “Paremos e reflitemos.” (beleza)

19) “A floresta amazônica não pode ser destruída por pessoas não autorizadas.” (onde está o Guarda Belo nessas horas?)

20) “Retirada claudestina de árvores.” (caraulio)

21) “Temos que criar leis legais contra isso.” (bacana)

22) “A camada de ozonel.” (Chris O’Zonnell?)

23) “a amazônia está sendo devastada por pessoas que não tem senso de humor.” (a solução é colocar lá o pessoal da Zorra Total pra cortar árvores)

24) “A cada hora, muitas árvores são derrubadas por mãos poluídas, sem coração.” (para fabricar o papel que ele fica escrevendo asneiras)

25) “A amazônia está sofrendo um grande, enorme e profundíssimo desmatamento devastador, intenso e imperdoável.” (campeão da categoria “maior enchedor de linguiça”)

26) “Vamos gritar não à devastação e sim à reflorestação.” (NÃO!)

27) “Uma vez que se paga uma punição xis, se ganha depois vários xises.” (gênio da matemática)

28) “A natureza está cobrando uma atitude mais energética dos governantes.” (red bull neles - dizem as árvores)

29) “O povo amazônico está sendo usado como bote expiatório.” (ótima)

30) “O aumento da temperatura na terra está cada vez mais aumentando.” (subindo!)

31) “Na floresta amazônica tem muitos animais: passarinhos, leões, ursos, etc.” (deve ser a globalização)

32) “Convivemos com a merchendagem e a politicagem.” (gzus)

33) “Na cama dos deputados foram votadas muitas leis.” (imaginem as que foram votadas no banheiro deles)

34) “Os dismatamentos é a fonte de inlegalidade e distruição da froresta amazonia.” (oh god)

35) “O que vamos deixar para nossos antecedentes?” (dicionários)

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Como negociar o seu salário


Aprenda a combater a vergonha de falar sobre dinheiro no trabalho e exija um salário compatível com sua atividade


Início de carreira

A professora de inglês Danielle Nogueira, 22 anos, tem pavor de falar sobre dinheiro com seus alunos. Cada vez que um deles pede desconto no preço das aulas, ela cede rapidinho. Danielle cobra R$ 20 pela hora/aula, mas basta o contratante dar uma choradinha para os preços despencarem. ''Já cheguei a aceitar metade'', admite a estudante de letras carioca. ''Odeio definir valores, não sei negociar. Fico com pena da pessoa, acho que vou prejudicá-la se não ceder.''

Em maior ou menor grau, todo mundo, principalmente no início da carreira, sente alguma dificuldade em estabelecer um preço pelo próprio trabalho - ou em convencer os outros de que ele é justo. Às vezes a vergonha é tamanha que a pessoa nem pergunta ''Quanto vou ganhar?'' ao ser chamada para prestar um serviço. Ou pior: faz o trabalho e não cobra por ele, fica esperando que o contratante se manifeste e, se isso não acontece, deixa de embolsar o que lhe é devido. Essa é a realidade de muitos freelancers, mas há inúmeros profissionais com emprego fixo que travam na hora de tratar do próprio salário.

Melhore seu poder de negociação

A boa notícia é que dá, sim, para perder (ou pelo menos diminuir) a vergonha de falar sobre grana e, consequentemente, fazer acordos mais lucrativos. Segundo especialistas em recursos humanos, o primeiro passo é definir quanto vale o seu show, levando em conta três variantes: a qualidade do seu trabalho, a realidade específica de cada mercado e o perfil de quem está prestes a contratar você.

Há cinco anos atuando como hostess no Rio de Janeiro, Carolina Kisperger, 32, conhecida na noite como Carol Kiss, recusa sem remorso oportunidades em que lhe oferecem menos do que ela pede. ''Meu cachê é fechado. Não aceito menos dinheiro porque isso me desvalorizaria.'' Ponto para ela! Estar segura do próprio valor é condição essencial para conseguir ganhos justos. Se nem você acredita no seu talento, como vai convencer os outros?

Consultora da DBM do Brasil, empresa de recursos humanos e treinamento, Irene Azevedo diz que a maioria das pessoas não tem habilidade para fazer marketing pessoal. O motivo? Não foram ensinadas a falar sobre si mesmas ou a divulgar seus feitos. ''Muitas temem ser consideradas falastronas ou metidas'', analisa a consultora. ''A recomendação não é fazer propaganda enganosa, mas se apossar das próprias habilidades e mencioná-las no momento certo.''

Nos casos mais graves, profissionais de coaching (treinamento) podem ajudar o trabalhador a aprender a falar sobre si mesmo. Quem tem boa argumentação para sustentar a remuneração que estabeleceu como ideal estará menos insegura ao defendê-la. Lembre-se sempre: quando a galinha põe um ovo, ela cacareja. Não adianta só fazer, tem de anunciar que fez.

Outro passo importante para melhorar o poder de negociação é procurar conhecer bem o mercado em que se está inserido. Theo Van Der Loo, 27, vocalista da banda de rock Sayowa, lembra que ele e os outros cinco integrantes do grupo cansaram de fazer shows na Europa e voltar com os bolsos vazios. ''O que ganhávamos mal dava para pagar a viagem. Na verdade, topávamos qualquer cachê que nos ofereciam'', conta ele, que fez cursos de business na área de música e montou uma produtora. ''Sempre odiei lidar com números, mas ou a gente se profissionalizava ou enfiava a viola no saco'', afirma Theo, que hoje fatura bastante com a venda de produtos da banda e a organização de festivais.

Conheça o seu contratante

Depois de investigar o mercado, vale se informar sobre a empresa ou a pessoa que quer contratá-la. É uma companhia grande, com potencial para lhe pagar bem? Então peça mais. Se estiver lidando com uma firma pequena, os valores mudam. ''Se alguém presta um serviço exclusivo, o preço sobe. Se oferece um trabalho que o concorrente pode fazer igual, o valor pago cai'', diz a consultora financeira Glória Pereira.

Pega mal cobrar? Como peço um aumento?

Claro que não! Pega mal é não cobrar. Tenha em mente que você não é o único prestador de serviço que trabalha com a empresa e que receber cobranças é parte da rotina dela. Quando for fechar o negócio, pergunte: ''Com quem eu trato do pagamento?''. Isso vai colocar o assunto em pauta.

Lembre-se que aumento não se pede, se conquista. A consultora Irene Azevedo, da DBM do Brasil, recomenda esperar a hora da avaliação de desempenho com o chefe para apresentar os argumentos pró-aumento. Durante o ano, anote os grandes desafios que foram vencidos por você no dia-a-dia. ''Descreva o problema que lhe foi dado, a ação desenvolvida, o resultado alcançado e a data em que tudo isso aconteceu.''

Fonte

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Caxambu no Jornal Hoje da Rede Globo

Conheça o Circuito das Águas no sul de Minas Gerais. O roteiro é um dos passeios turísticos mais tradicionais do Brasil. Dez cidades fazem parte do circuito. Visitamos Lambari, Caxambu e São Lourenço. A região fica a 350 quilômetros de Belo Horizonte. Continua...

VISLUMBRE DO CRIADOR

" Ah, Senhor Deus !
Eis que fizeste os céus e a terra
com o teu grande poder
e com o teu braço estendido;
coisa alguma te é
demasiadamente maravilhosa."
(Jeremias, 32:17)

O elefante é o único animal cujas pernas dianteiras se dobram para a frente. Por quê? Porque, de outra forma, seria difícil para esse animal levantar-se por causa do seu peso. Por que os cavalos, para se erguerem, usam as patas dianteiras,
e as vacas, as traseiras? Quem orienta esses animais para que ajam dessa maneira?



Quem teria o poder de colocar um punhado de argila no coração da terra e, através da ação do fogo transformá-la em formosa ametista de alto valor?



Quem colocaria certa quantidade de carvão nas entranhas do solo e, mediante a combinação do fogo e a pressão dos montes e das rochas, transformar esse carvão
em resplandecente diamante, que vai fulgurar na coroa dos reis ou no diadema dos poderosos?



Por que o canário nasce aos 14 dias, a galinha aos 21, os patos e gansos aos 28, os gansos silvestres aos 35 e os papagaios e avestruzes aos 42 dias? Por que a diferença entre um período e outro é sempre de sete dias?



Quem regula a natureza, sem jamais cometer engano, determinando que as ondas do mar
se quebrem na praia à razão de 26 por minuto, tanto na calma como na tormenta?

Muitas coisas acontecem na natureza sem que tenhamos um mínimo de sensibilidade para perceber. Exemplo: A melancia tem número par de franjas. A laranja possui número par de gomos. A espiga de milho tem número par de fileiras de grãos. O cacho de bananas tem, na última fila, número par de bananas, e cada fila de bananas tem uma a menos
que a anterior. Desse modo, se uma fileira tem número par, a seguinte terá número ímpar.




A ciência moderna descobriu que todos os grãos das espigas são em número par,
e é admirável que Jesus, ao se referir aos grãos, tenha mencionado exatamente números pares: 30, 60 e 100. (Marcos 4:8).

Outro mistério que a ciência ainda não descobriu: enormes árvores, pesando milhares de quilos, apoiadas em apenas poucos centímetros de raízes. Ninguém até agora conseguiu descobrir esse princípio de sustentação a fim de aplicá-lo na construção de edifícios e pontes.




Mas há maravilha ainda maior. O oxigênio e o hidrogênio, ambos sem cheiro, sem sabor e sem cor, combinados com o carvão, que é insolúvel, negro e sem gosto, resulta no alvo e doce açúcar.

Esses são apenas alguns vislumbres de um Deus sábio e amoroso. Esse mesmo Deus que realiza tais maravilhas no mundo que Ele criou, pode também efetuar em nós um milagre
ainda muito maior. Ele pode dar-nos um novo nascimento, fazendo novas todas as coisas. ( João 3:3:2 - 2 Coríntios 5:17).

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Pizza de polenta


Ingredientes

. 3 xícaras (chá) de água
. 1 e 1/2 xícara (chá) de farinha de milho
. 1 pitada de sal
. 2 colheres (sopa) de azeite
. 1 cebola fatiada
. 1 xícara (chá) de molho de tomate
. 1/4 xícara (chá)de azeitonas pretas fatiadas
. 100 g de lingüiças defumadas em fatias finas
. 100 g de mussarela ralada no ralo grosso
Modo de preparo

Ferva metade da água. Enquanto isso misture em uma tigela o restante com a farinha de milho e o sal. Despeje essa mistura na panela com a água fervente, mexendo sem parar. Cozinhe até engrossar. Despeje em uma fôrma de pizza untada e faça uma camada uniforme. Na beirada, faça uma borda fina. Asse em forno médio preaquecido por 15 minutos. Aqueça o azeite, junte a cebola e refogue. Espalhe o molho sobre a massa de polenta e distribua o refogado de cebola, a lingüiça e as azeitonas. Polvilhe a pizza com a mussarela e asse em forno médio preaquecido por cerca de 15 minutos.

Fonte